#paposério

Faça o bem sem olhar a quem!

Você já parou pra pensar o quanto nós somos egoístas?

Sim, EGOÍSTAS.

Pensamos sempre em nós mesmos antes de pensar no próximo, deixamos de ajudar alguém porque essa ou aquela pessoa não vai nos dar nada em troca da nossa ajuda, ou deixamos de ajudar porque jugamos a pessoa pela religião, raça, classe social. Em todo tempo pensamos em ajudar apenas por beneficio próprio e não porque queremos mesmo ajudar.

Somos egoístas porque só pensamos em ajudar quem gostamos, ou como dizem por ai… “aquele com quem o nosso santo bateu” esquecemos que mais cedo ou mais tarde precisaremos da ajuda de alguém, seja financeiramente, ou mesmo de um abraço.

Precisamos parar de pensar em ajudar por beneficio próprio, ou porque alguma emissora de TV vai filmar o nosso “bom ato de caridade”, sei que existem sim muitas pessoas que ajudam porque tem o amor ao próximo, mas infelizmente ainda não é maioria.

Somos egoístas quando negamos um abraço á alguém que pede um, somos egoístas  quando negamos o ombro pra alguém chorar, somos egoístas quando só pensamos em nós sem se importar com a dor do outro, somos egoístas quando achamos que somos melhor que o outro, seja no emprego ou qualquer área da vida, somos egoístas quando maltratamos alguém por ser diferente de nós, somos egoístas quando temos muito e não dividimos com quem precisa, somos egoístas quando julgamos pela aparência, pela raça ou pela religião, somos egoístas quando deixamos nosso ego falar mais alto, somos egoístas quando achamos que somente nossa opinião é valida, somos egoístas quando tiramos conclusões precipitadas, somos egoístas quando achamos que nosso parceiro (a) não será feliz sem a gente, somos egoístas em tantas coisas que fica muito difícil definir o quanto somos.

E como cristã, falando sobre o que eu acredito, sem ofender ou julgar ninguém: Como seria se Jesus tivesse sido egoísta e nunca tivesse morrido na cruz? Então, pense bem, ou melhor, FAÇA O BEM!

Um beijo fiquem com Deus e até a próxima!!!

2 thoughts on “Faça o bem sem olhar a quem!”

Deixe uma resposta